ESTRUTURA
 CURSOS DE MERGULHO
 A HISTÓRIA DO MERGULHO
 EQUIPAMENTOS
 CONTATO
  Home  Entre em contato!Verificar carrinho    
 
NOSSAS VIAGENS
Belize - julho/2018

Neste inverno a Planeta Mergulho levou um grupo de mergulhadores para um destino inédito, BELIZE, o único país da America Latina que oficialmente fala Inglês. É uma ex-colônia Britânica (independente apenas em 1981) com fronteira com México e Guatemala. Com apenas 22.966km2 de área e uma população de 333.000 é um país pequeno e pouco conhecido.

Mas os mergulhos .... estão na lista dos melhores entre os mergulhadores!!!

Saímos bem cedo do aeroporto de Porto Alegre no dia 06 de julho de 2018 para nosso destino, a Cidade de Belize via Panamá. E depois ainda pegamos um avião monomotor para a cidade de San Pedro, apenas 15 minutinhos de vôo. O vôo oferece uma excelente oportunidade para ver as ilhas e o mar azul Caribenho de cima e conseguimos visualizar o quanto é grande a barreira de corais de Belize, a segunda maior do Planeta com mais de 300 km de extensão. Chegando em San Pedro (La Isla Bonita, da música da artista Madonna) fomos para o hotel a pé, literalmente ao lado do aeroporto! O hotel oferece uma infra-estrutura excelente com quartos amplos cercado por uma piscina beira mar. Também nossa operação de mergulho estava junto ao hotel, então tudo era muito perto e bem organizado. Após registrar a documentação na operadora de mergulho, o grupo descansou na piscina e aproveitou o excelente restaurante junto do hotel para experimentar um pouco da culinária Caribenha.

Iniciamos os mergulhos cedo no dia seguinte, primeiramente um mergulho de check dive, para todo mundo ajustar seu lastro e testar seus equipamentos. Logo que descemos já vimos nosso primeiro tubarão lixa, algo que depois descobrimos que seriam nossos companheiros durante todos os mergulhos pois são como “cachorrinhos” e seguem a gente o tempo todo. Na ilha de San Pedro o recife está apenas a 10 minutos de navegação e tem muitos pontos bem próximos ao nosso hotel, portanto a operação é uma saída com um mergulho e voltamos para nossa operadora para fazer o intervalo de superfície.

Nestes intervalos praticamos um jogo local, na verdade sem nome, mas nós gaúchos colocamos o nome de “Boleadeira Caribenha”. O objetivo era acertar um “escada” de canos com duas bolas de golfe conectados por uma corda! Teve gente no grupo que mostrou habilidade!!!

Seguimos com nosso segundo mergulho para ver as paisagens típicas de cânions subaquáticos que tem ao longo do recife. Este tipo de mergulho é bem interessante porque observamos a vida marinha típica de rochas e também da areia, sempre acompanhados pelos nossos companheiros tubarões lixa.

Ao entardecer parte do grupo partiu para o mergulho noturno num parque chamado “Hol Chan”. O mergulho iniciou em águas bem rasas, mas já oferecendo muita vida como: festival de polvos, moréias, tubarões lixa, tartaruga enorme, camarões, caranguejos, raias entre muitos animais de hábitos noturnos. Uma hora de mergulho bem aproveitada com final na superfície para olhar as estrelas no céu limpo de Belize!!!

Durante os próximos dois dias mergulhamos em vários pontos com cenários lindíssimos como “Mermaid’s Lair”, “Tackle Box Canyon” e “Esmeralda”, todos com cânions estreitos e passagens para explorar, sempre cuidando muito da flutuabildade e do trim. Nestes pontos tivemos o prazer de ver várias espécies de tubarão como Cabeça Chata, Lixa e de Recife Caribenho. Também vimos moréias pintadas e verdes, Tartarugas Verde e de Pente, papagaios, garoupas, entre muitas outras espécies típicas do Caribe, tudo com excelente visibilidade (entre 25 e 35 metros) e água de 29ºC.

No quarto dia foi a vez do famoso “Great Blue Hole”, uma dolina subaquática com de 300m de uma perfeita circunferência e 124m de profundidade situada a 100 km da ilha de San Pedro. A navegação é longa, mais de duas horas a meia, em uma lancha rápida e oferece o mergulho mais famoso de Belize. O “Blue Hole” é tão grande que pode ser visualizado até no “Google Earth”.

É um ponto de mergulho que requer cuidados devido à profundidade que é de 40 metros máximos. No início descemos até a beira do abismo (areia) que tem mais ou menos 12 metros de profundidade. Depois descemos a parede até os 36 metros onde a parede começa inverter revelando uma parte côncava que tem estalactites enormes de 10 metros de comprimento e até um metro de diâmetro.... muito grande mesmo!!! A profundidade máxima é atingida quando fazemos um rápido passeio entre as estalactites com tempo de fundo de apenas 8 minutos e então começamos a subir devagar e terminamos o mergulho na beira do abismo. Foram avistados Tubarões de Recife Caribenho durante o passeio no fundo, mas é a paisagem desta caverna (Dolina) afundada é que é especial ... um mergulho exótico pela formação que apresenta aos mergulhadores.

Depois fizemos mais dois mergulhos no Lighthouse Atol, o primeiro em Half Moon Cay Wall, um mergulho em uma parede com muita, muita vida, principalmente corais e gorgônias gigantes em perfeito estado de conservação. O terceiro mergulho foi no “Long Cay”, também um mergulho em parede com muita vida!!!

No quinto e última dia de mergulho o grupo dividiu em dois, uma parte foi mergulhar no famoso “Atol Turneffe”, uma hora e meia de San Pedro e a outra parte ficou em San Pedro e fez dois mergulhos próximos da operação. E como foi tão bom, decidimos reétir o ponto “Tackle Box Canyon”. Este mergulho oferece paisagens muito bonitas com passagens pelos belos cânions e acompanhados pelos Tubarões Lixa e de Recife Caribenhos, especialmente na parada de segurança.

Os mergulhos no Turneffe Atol renderam um dia de muita atividade. Foram 3 mergulhos com tempo de fundo perto de 1h cada um, com caça ao peixe leão, já que os guias locais estão caçando este invasor das águas do Caribe e “ensinando” tubarões e moréias a comerem esta espécie que não tem predador no Caribe e que se reproduz em grande escala. Um dos intervalos de superfície foi para fazer snorkel ou simplesmente nadar e curtir as águas azuis turquesa deste atol. E no outro intervalo foi o almoço a bordo, já que não tem como desembarcar nesta parte do atol.
E assim terminamos nossos passeios subaquáticos na “Isla Bonita” concluindo entre 12 e 14 mergulhos.

Todas as noites o grupo saiu para degustar a comida da ilha em diferentes restaurantes, com pratos bem gostosos como camarões, peixes grelhados, frutos do mar e até patas de caranguejo.

No último dia na ilha foi a vez de conhecer melhor a região em terra. Pela manhã o grupo saiu para conhecer a ilha próxima de Cayo Caulker, originalmente um vilarejo de pescadores e uma ilha menor e mais primitiva do que San Pedro e que tem muitos restaurantes e barzinhos. A tarde alguns do grupo foram descobrir , pilotando carrinhos de golfe, a famosa “Secret Beach” com areia branca e bares a beira mar para brindar o final destes 7 dias em Belize.

Queremos agradecer a companhia tão bacana dos nossos participantes que fizeram desta viagem tão especial!!!
MUITO OBRIGADO Alaidete, Alessandro, Café, Claudio, Diogo, Geraldo, Kaká, Lisia, Mariana, Maria Alice, Maria Cristina, Milene, Moa, Paula, Portela e Sergio! Esperamos mergulhar novamente em breve com vocês, em outro lugar incrível! Até a próxima!!!

Abraços a todos!!!
Niara e Bryan
Equipe Planeta Mergulho

PLANETA MERGULHO
CURSOS EQUIPAMENTOS VIAGENS
Barão do Amazonas, 226 - loja 230 - Bairro Petrópolis
Porto Alegre - RS - Brasil
Fone/fax: (51) 3330-3172 ou (51) 99697-8851
e-mail: planetamergulho@planetamergulho.com.br
website: www.planetamergulho.com.br
facebook: www.facebook.com.br/PlanetaMergulho




 
 
 

NOSSAS VIAGENS


Bota neoprene
 
Sapatilha Fundive
 
Nadadeira Seasub
 
Snorkel Aero Pro silicone